Benefícios da Cirurgia Plástica

centro-nacional-sao-paulo-cirurgia-plastica

Os benefícios da Cirurgia Plástica podem ir muito além da questão estética.

Diversos aspectos funcionais do corpo podem ser corrigidos ou melhorados por meio de procedimentos cirúrgicos realizados por profissionais devidamente capacitados.

Nunca se esqueça: Cirurgia Plástica também envolve riscos como qualquer operação!

Converse com seu cirurgião, tire dúvidas e informe-se da melhor forma possível para que sua segurança esteja sempre em primeiro lugar!

FONTE.

Bumbum à brasileira, mamas pequenas…

sutia

ESPECIALISTAS REVELAM TENDÊNCIAS DE CIRURGIAS PLÁSTICAS PARA 2017

Enquanto o busto deve diminuir, o derrière promete aumentar no mundo inteiro, garantem cirurgiões norte-americanos. Entre as mudanças esta também a opção pela anestesia local em detrimento da geral, propondo uma recuperação mais rápida

sutia

Bumbum maior, busto menor e procedimentos “rápidos” devem dominar o mundo da cirurgia plástica em 2017, segundo especialistas norte-americanos do The Plastic Surgery Group (TPSG). E se depender das preferências que apresentaram um crescimento significativo em 2016, o derrière à brasileira, cuja demanda aumentou 500% nos últimos meses, será a grande sensação.

A seguir, os cirurgiões dão detalhes do que vêm por aí…

MAMAS PEQUENAS
Quando o assunto é busto, as proporções devem diminuir como um todo – incluindo o tamanho dos mamilos. “Temos notado um crescimento de 30% de mulheres interessadas em diminuir o mamilo no último ano”, disse o cirurgião plástico Dan Marsh ao Daily Mail.

Tal redução vem acompanhada também do interesse por próteses menores. Se antes as mulheres optavam, em média, por silicone de 350 a 400ml; agora, o volume tem variado entre 250 e 300 ml. A mudança é reflexo do movimento que exalta a beleza com aspecto natural e acompanha a tendência de silhuetas atléticas e mais longilíneas.

BUMBUNS MAIORES
Enquanto a parte de cima diminui, a de baixo promete volumes maiores. O pedido mais popular de 2016, segundo os especialistas, foi pelo “bumbum levantado à brasileira”, que combina liposucção, contorno e aumento dos glúteos.

O aumento da procura tem relação com o boom de celebridades curvilíneas, como Beyoncé, Jennifer Lopez e irmãs Kardashian. No Brasil, os enxertos de gordura na área tem sido recorrente há décadas e, agora, deve impulsionar ainda mais a procura fora do país.

PROCEDIMENTOS EXPRESS
As cirurgias estéticas feitas sob sedação devem aumentar, já que hoje nove em cada 10 pacientes que se submetem a facelifts, optam por anestesia local. E é a preferência por este tipo de sedação que vem ganhando espaço e acelerando os procedimentos. Segundo os especialistas, na segunda metade de 2016, apenas um em cada 10 pacientes optaram por cirurgia sob anestesia geral. Até mesmo alguns tipos de aumento mamário têm sido realizados sob esta condição.

“Esta é uma mudança de paradigmas e tem mostrado benefícios em termos de segurança do paciente, conforto e recuperação”, diz Marsh. “De todas as cirurgias que realizei em 2016, menos de 10% dos meus pacientes permaneceram durante a noite no hospital após o procedimento.”

Fonte: MarieClaire

10 coisas que você precisa saber antes de cogitar fazer uma lipo

angelo-loss-dicas-lipoaspiracao

Muita gente sonha em se livrar de gorduras localizadas fazendo uma lipoaspiração, mas são poucos os que sabem, realmente, como ela é feita. A maior falácia, por exemplo, é a ideia de que a cirurgia ajuda a emagrecer. Tem interesse no procedimento? Veja 10 informações essenciais sobre a cirurgia:

  • Lipoaspiração não emagrece

    O procedimento não é indicado para obesos. A lipo serve para modelar o corpo, retirando gordura localizada, não para emagrecer. Se o paciente faz com essa intenção, a tendência é que a gordura retorne. E, pior de tudo, para uma região menos saudável, a intra-abdominal, que está mais relacionada a doenças, como infarto e AVC.

  • Há um limite da quantidade de gordura que pode ser retirada

    Há um decreto do CFM (Conselho Federal de Medicina) que estipula que os médicos só podem retirar até 7% do volume corpóreo total do paciente, o que já é bastante. Quer fazer lipo? Fale com o plástico sobre esse número.

  • A gordura retirada da cirurgia pode ser aplicada em outra região

    Os cirurgiões usam a gordura retirada numa lipo para corrigir irregularidades do corpo. Por exemplo, se a lipoaspiração é no culote, o médico pode enxertar a gordura no bumbum.

  • O resultado da cirurgia só aparece depois de três meses

    Dá até para ter uma noção do resultado da lipoaspiração no primeiro mês, mas o inchaço permanece. O resultado, mesmo, só será visto de três a seis meses após a operação. A cicatrização completa da cirurgia só acontece depois de dois anos.

  • É possível ganhar peso depois da lipo

    Além do inchaço, é possível ganhar peso depois da lipo. Nosso corpo sempre busca atingir um equilíbrio. Se ele está acostumado com uma certa quantidade de gordura, quando ela é eliminada, tenta recuperar. Por isso, o paciente deve ter orientação para controle alimentar e de atividade física no pós-operatório.

  • Se engordar, a barriga pode ficar estranha

    Muita gente volta a engordar depois de fazer a lipoaspiração. Quando isso acontece, normalmente, a gordura se acumula em todos os lugares que não foram submetidos ao procedimento, deixando a região do corpo desproporcional.

  • Você vai precisar fazer drenagem

    Após uma cirurgia, normalmente, há retenção de líquidos. Por isso, a drenagem linfática é necessária. Ela ajuda nessa eliminação, melhora a circulação sanguínea e alivia as dores pós-cirúrgicas.

  • A escolha do médico é o momento mais importante

    Tenha certeza de que o profissional escolhido tenha título de especialização. Consulte o número de inscrição no CRM (Conselho Regional de Medicina) do médico e busque o nome dele no site da SBCP (http://www2.cirurgiaplastica.org.br/).

  • A cirurgia deve ser feita preferencialmente em um hospital

    Não há uma regra estabelecida de quais são os locais onde a lipoaspiração pode ser realizada. No entanto, a maioria dos médicos opta por fazer em hospital, pela segurança do local em caso de complicações no procedimento. Sem dúvida, é a melhor alternativa.

  • Toda cirurgia tem riscos

    As tragédias acontecem, principalmente, por culpa de médicos não credenciados como cirurgiões plásticos. O procedimento é tecnicamente simples, mas, se feito por um profissional que não é qualificado, pode ocorrer a perfuração de algum órgão, como estômago e intestino, levando à morte. Além do mais, lembre-se: qualquer cirurgia oferece riscos.

Fonte: UOL

Atendimento em Niterói. Agende sua consulta!

Atendimento em Novo endereço

Atendimento em Novo endereço